terça-feira, 30 de agosto de 2016

Governo do Rio não tem dinheiro para pagar funcionalismo

Fluxo de caixa previsto não é suficiente para arcar com as despesas dos meses de outubro, novembro, dezembro e décimo-terceiro

Rio - Governador em exercício, Francisco Dornelles quebra a cabeça para ter como pagar aos servidores os salários de outubro, novembro, dezembro e décimo-terceiro. O fluxo de caixa previsto para o período não é suficiente para arcar com as despesas.

Uma equipe do governo estuda rever benefícios fiscais concedidos a empresas dos ramos de petróleo e de refrigerantes. O Palácio Guanabara torce para que o presidente Michel Temer consiga aprovar alterações no regime previdenciário o quanto antes. “Caso contrário, o décimo terceiro vai ter que ser pago à la Casas Bahia: em 32 prestações”, diz um governista. 

Ativo 

Governador licenciado, Pezão já participa de reuniões com secretários. Ele se recupera de um linfoma não-Hodgkin (um tipo de câncer).

Volta programada

Apesar de ter prorrogado a licença para o fim de setembro, Pezão só deve retomar o cargo em novembro, após o fim das eleições municipais — o segundo turno está previsto para 30 de outubro.

Na bronca

O deputado estadual Pedro Fernandes (PMDB) diz que, apesar dos esforços de Beltrame, boa parte da Assembleia Legislativa ainda está na bronca com o Secretário de Segurança. “Ele discrimina o subúrbio em detrimento de áreas mais nobres”, ataca o parlamentar.

FONTE: O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.