domingo, 28 de agosto de 2016

Governo do Rio vai decretar falência


Francisco Dornelles, governador do Rio 

Apertem os cintos: o governo do Estado do Rio vai decretar falência — é, falência mesmo. E até dezembro deste ano.

Ainda não há data fechada, embora o mais provável, claro, é que o anúncio só aconteça depois do segundo turno das eleições municipais.

Numa reunião para discutir os modelos de privatização da Cedae, na noite de quinta, economistas, autoridades do governo estadual e do BNDES falaram da bancarrota do Rio como algo concreto — e próximo.

O encontro aconteceu na Casa das Garças, instituto que reúne as cabeças que melhor entendem de números e de política fiscal.

Certeza

A falência deixou de ser prognósticos de rodinhas de conversas e discursos de sindicalistas.

Agora é assunto debatido por especialistas e gente com conhecimento de causa — e microfone em punho.

O Rio já quebrou.

Dúvida

Agora só resta saber quando será o anúncio.

FONTE: EXTRA

7 comentários:

  1. INTERVENÇÃO FEDERAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.




    INTERVENÇÃO FEDERAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

    ResponderExcluir
  2. SÓ EM VER A CARA DESSE VELHO SENIL,DÁ NOJO.

    ResponderExcluir
  3. Pmdb afundou o Rio e niguém, simplesmente ninguém, faz nada. Dilma sendo alvejada por abutres e o Rio pelos peemedebistas sem veia administrativa

    ResponderExcluir
  4. Isto será uma boa para o RJ, pois o Governo Federal passará a administrar e bancar o RJ, e sendo assim, os recursos não faltarão para pagar o serventualismo... O que ficará prejudicado serão os contratos que sofrerão auditoria e novos não poderão serem feitos... Olhem o lado positivo disto... Poderemos reinvidicar diretamente com o Governo Federal melhorias para as classes da segurança pública...

    ResponderExcluir
  5. Intervenção federal já
    Filhos, não tem outra opção.
    É só questão de tempo

    Já análisei todas as possibilidades,
    Vai ser intervenção mesmo.

    Agora, cá prá nós, será q tem maracutaias
    Nesse negócio?.




    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.