Previsão do tempo:
Tempo negro.
Temperatura sufocante.
O ar está irrespirável.
O país está sendo varrido por fortes ventos.
Máx.: 38º, em Brasília.Mín.:5º, nas Laranjeiras.

sábado, 3 de setembro de 2016

Bombeiro é morto ao reagir a assalto em Nova Iguaçu

Subtenente levou um tiro na barriga. Um suspeito do crime foi preso


Rio - Um subtenente do Corpo de Bombeiros morreu ao reagir a um assalto , em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, nesta sexta-feira à noite. Roberto Luiz da Conceição Batista, de 60 anos, estava em um salão de beleza, na Rua João Batista Rodrigues, quando dois homens chegaram de motocicleta ao local e anunciaram o assalto. Ele reagiu e acabou baleado na barriga.

Roberto chegou a ser socorrido no Hospital da Posse, no mesmo município, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo o 39º BPM (Belford Roxo), um dos suspeitos conseguiu fugir e levou a arma da vítima. Um outro foi cercado por populares e preso em flagrante por PMs. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso.

FONTE: O DIA

Um subtenente do Corpo de Bombeiros morreu após ser baleado em uma tentativa de assalto, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite desta sexta-feira. Roberto Luiz da Conceição Batista, de 60 anos, chegou a ser socorrido no Hospital da Posse, também em Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos. O crime ocorreu no bairro Califórnia enquanto o militar estava em um salão de beleza quando dois homens chegaram em um motocicleta ao local e anunciaram o assalto. Roberto reagiu e foi baleado na barriga.

De acordo com informações do 39º BPM (Belford Roxo), um dos suspeitos conseguiu fugir levando a arma da vítima. Um outro, Lucas Abreu Fintes, de 18 anos, foi cercado por populares e preso em flagrante.

A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso. Segundo informações da especializada, Lucas e Wesley Gonçalves Pinto, de 31 anos, chegaram ao local em uma motocicleta. Wesley estava armado. Ao perceber que tratava-se de um assalto, Roberto tentou tirar a arma da mão do criminoso, mas foi baleado. Wesley conseguiu fugir do local levando a arma da vítima mas Lucas foi detido por pessoas que encontravam-se no salão até a chegada de policiais militares.

A motocicleta usada pelos criminosos foi apreendida por trata-se de produto de furto.

O delegado Willians Batista de Souza representou, junto ao plantão judiciário, pela decretação da prisão temporária de Wesley. Ele conseguiu fugir.

Quem tiver informações que possam levar à localização do foragido, entre em contato com a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) pelos telefones pelos telefones (21) 2334-8823, (21) 2334-8835 ou pelo chat https://cacpcerj.pcivil.rj.gov. br.

FONTE: EXTRA