quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Sistema gera dúvida sobre Imposto de Renda dos servidores do Estado do Rio


Deputado Eliomar Coelho quer entender o que está acontecendo com os IRs dos servidores

O deputado estadual Eliomar Coelho (PSOL) vai requerer, nos próximos dias, explicações à Secretaria estadual de Fazenda a respeito dos dados apresentados pelo Siafe-RJ (plataforma do governo que registra receitas e gastos da administração) sobre o recolhimento do Imposto de Renda (IR) dos servidores públicos.

De acordo com Coelho, os dados apresentam diferenças gritantes, se comparados aos andamentos de anos anteriores: “Queremos entender essas oscilações que encontramos. Em janeiro deste ano, recolheram R$ 37 milhões e, em 2015, o recolhimento foi de R$ 126 milhões. Queremos uma explicação sobre isso”, cobrou o deputado.

Procurada, a Secretaria de Planejamento, responsável pelo IR do funcionalismo, declarou que não há diferença sobre o recolhimento. Afirmou, ainda, que o valor médio deduzido por mês é de R$ 190 milhões.

Já a Secretaria de Fazenda informou que os tributos sobre as rendas dos servidores são “apropriados ao governo estadual, ou seja, ficam no Estado”. A arrecadação estimada com o tributo, em 2016, é de R$ 3,090 bilhões.

FONTE: EXTRA

2 comentários:

  1. Até que fim um deputado interessado na forma do desconto no imposto de renda que são feito pelo governo do estado aos servidores públicos do estado.

    Investiga mesmo deputado, pois irá encontrar a irregularidade na forma que é feito esse desconto em nós servidores.

    ResponderExcluir
  2. VAI MESMO DEPUTADO E VEJA COMO O ESTADO ESTÁ ROUBANDO NOS DESCONTOS DO IMPOSTO DE RENDA DOS BOMBEIROS.



    QUERO DE VOLTA O DINHEIRO QUE FOI COBRADO INDEVIDAMENTE DO MEU IMPOSTO DE RENDA NESSES ÚLTIMOS ANOS !


    É ISSO MESMO DEPUTADO ELIOMAR COELHO, O SENHOR IRÁ ENCONTRAR MUITOS ERROS.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.