quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Estado do Rio quita folha da Segurança Pública nesta quinta-feira


Segurança teve 70% dos salários depositados na semana passada 

O governo estadual deposita, nesta quinta-feira, os 30% restantes dos salários dos servidores da Segurança Pública (policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários), além dos rendimentos integrais de aposentados e pensionistas dessas quatro categorias. Os ativos da Segurança tiveram que esperar oito dias pela quitação de seus vencimentos. Na quarta-feira da semana passada, dia 5, o Estado do Rio depositou 70% dos salários de setembro desses agentes em atividade.

Vale destacar que o governo teria que ter quitado toda a folha de setembro na quarta-feira da semana passada, por decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a determinação, todos os servidores (ativos, inativos e pensionistas de todas as secretarias e órgãos) deveriam receber os vencimentos até o 3º dia útil do mês seguinte ao trabalhado.

Total arrestado chega a R$ 36 milhões, diz Fasp

Mesmo com o arresto de cerca de R$ 36 milhões das contas do Estado do Rio, desde a última sexta-feira, o restante do pagamento do funcionalismo, agora, vai aguardar o andamento da arrecadação. A Secretaria de Fazenda garante que o governo quitará a folha de setembro na próxima segunda-feira, dia 17, para todos os demais servidores, inativos e pensionistas. Somente os ativos da Educação conseguiram receber os salários de uma só vez, no dia 5.

Funcionalismo protesta contra atraso de salários

Na internet, por meio das redes sociais, servidores estaduais convocaram um ato para as 14h de hoje, em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), como forma de protesto pelo não pagamento dos vencimentos. Com o slogan “Diga não ao atraso e ao parcelamento de salários”, servidores de todas as categorias pretendem chamar a atenção para os problemas enfrentados pelo funcionalismo.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.