domingo, 9 de outubro de 2016

Pezão e governadores vão discutir nesta quinta proposta conjunta para reforma da Previdência

O governador Luiz Fernando Pezão e os demais chefes dos Executivos estaduais vão se reunir na próxima quinta-feira (13/10), em Brasília, para discutir a construção de uma proposta conjunta de reforma da Previdência. O resultado do encontro será apresentado ao governo federal com o objetivo de contribuir para a proposta final que será encaminhada ao Congresso Nacional. 

Pezão alerta que a situação da Previdência nos estados é muito grave e, se medidas não foram tomadas, em pouco tempo, não haverá dinheiro para pagar as aposentadorias. 

"O modelo está errado. Se não for corrigido, vai quebrar por completo. A legislação é basicamente federal. Esse é o momento de corrigir o sistema. As despesas previdenciárias são o grande problema hoje dos estados e da União. A reforma é fundamental para o futuro dos estados e do país", defende Pezão. 

Uma das sugestões que será levada pelo Rio para o encontro é a criação de um fundo destinado ao pagamento dos aposentados e pensionistas. 

"Temos de arranjar uma forma de obter recursos para compor esse fundo. Não dá mais para esperar", afirma Pezão. 

No Estado do Rio, o déficit previdenciário este ano chega a R$ 12 bilhões. Entre 2007 e 2016, a folha de pagamento de aposentados e pensionistas cresceu mais de 200%, passando R$ 5 bilhões para R$ 17,2 bilhões. As contribuições dos servidores correspondem a pouco mais de 25% das despesas previdenciárias.

Várias medidas já foram tomadas pelo Estado do Rio para sanear o problema, mas todas são de longo prazo e terão efeito dentro de 20 anos. Em 2012, por exemplo, o governo do estado criou a previdência complementar para os servidores. As principais regras previdenciárias, no entanto, são federais.

FONTE: JB

4 comentários:

  1. Nosso pais está sendo destrossado intervenção militar já os politicos estão se corrompendo senhores miliares intervenção renan na cadeia lula na cadeia socorro socorro um desabafado de um cidadao brasileiro.

    ResponderExcluir
  2. Ele tem é que explicar oque ele e Cabral fizeram com o rioprevidencia

    ResponderExcluir
  3. Ele tem é que explicar oque ele e Cabral fizeram com o rioprevidencia

    ResponderExcluir
  4. Cara o pezão não é o governador ele está licenciado! Aliás vocês do sos deveriam procurar a justiça contra essa palhaçada pois ele já extrapolou o tempo que poderia ficar licenciado.
    TEM GENTE DIZENDO QUE O PEZÃO E DORNELES ESTÃO ENROLANDO PARA VIRAR 2017 PARA NÃO TER OUTRA ELEIÇÃO. AÍ ELE PEDE PRA SAIR E O DORNELES TAMBÉM NÃO TEM MAIS IDADE TERÁ QUE SAIR TAMBÉM AÍ EM UMA ELEIÇÃO INDIRETA OS PICIANES SE TORNARÃO DONOS DE VEZ DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. SERÁ QUE ISSO É VERDADE?
    SÓ O TEMPO VAI NOS DIZER.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.