sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Bombeiro é preso por entrevista sobre corporação

Pena máxima: bombeiro Mesac terá que cumprir 30 dias 

Começa hoje a punição com pena de prisão administrativa de 30 dias aplicada ao subtenente do Corpo de Bombeiros Mesac Eflain, de 39 anos. Ele foi condenado pela corregedoria da corporação por conceder uma entrevista ao “Bom Dia Brasil”, da TV Globo, em agosto. Em nome da Associação de Bombeiros Militares do Estado do Rio (ABMERJ), ele revelou a redução do expediente administrativo, os cortes no rancho (alimentação dos militares) e a precariedade no atendimento do hospital da corporação. Segundo ele, só na unidade há um déficit de R$ 20 milhões.

— Eu não vou me calar. Aplicaram a pena disciplinar máxima. Dá a entender que é uma perseguição política — diz ele.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.