quinta-feira, 17 de novembro de 2016

BOMBEIROS TOMAM ESPUMANTE NA CHEGADA DO CABRAL


Manifestantes cercam carro da polícia que levou Sérgio Cabral para Bangu

O ex-governador Sérgio Cabral foi transferido para o presídio de Bangu, na zona oeste do Rio, na noite desta quinta (17). Pessoas foram às ruas para acompanhar a viagem feita pelo comboio de carros da Polícia Federal.

Ao chegar, o comboio foi recebido por comemorações de pessoas e de um grupo de bombeiros.

Eles soltaram fogos e carregavam um cartaz que dizia: "que a justiça seja feita".

Alguns bombeiros usavam um guardanapo na cabeça, em alusão à infame foto do então governador com empreiteiros e secretários do governo em um jantar em Paris.

Eles abriram uma garrafa de espumante e serviram às pessoas que acompanhavam a entrada do comboio.

Em 2011, quando Cabral era governador, cerca de 450 bombeiros foram presos após participarem de um protesto por melhores condições de trabalho

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, em viagem a Paris, com Fernando Cavendish, em 2009

Cabral deu entrada na Cadeia Pública José Frederico Marques, porta de entrada no sistema e, em seguida, será encaminhado para a Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, ambas no complexo de presídios de Bangu.

A Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira é destinada a pessoas que possuem nível superior. Cabral é formado em jornalismo.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária disse que "todos os internos do sistema penitenciário fluminense são tratados de forma igualitária, com direito a banho de sol, refeições e visitas após o cadastramento."

A secretaria informou que o cardápio de almoço e jantar é composto por: arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne branca ou vermelha (carne, peixe, frango), legumes, salada, sobremesa e refresco. O desjejum é composto por pão com manteiga e café com leite. Já o lanche é um guaraná e pão com manteiga ou bolo.

E ressaltou que o tamanho das celas são definidos de acordo com o que determina a Lei de Execuções Penais.

FONTE: FOLHA

7 comentários:

  1. Minha família poderá um dia ouvir que sou vândalo por lutar por melhores salários e ser digno de lutar por um ideal que paguei por ele , uma aposentadoria ....mas nunca por roubo , ou por fraudar os cofres públicos... que morra na cadeia ...

    ResponderExcluir
  2. " Bem aventurado os que tem sede de justiça, porque encontrarão "
    Alguns bombeiros foram parar em Bangu 1 junto do Daciolo porque iniciamos esta luta contra o Cabral em 2011. E hoje foi feita a justiça.
    Agora tem que pegar o dinheiro roubado de volta. Tem que aparecer o dinheiro...
    A paz a todos

    ResponderExcluir
  3. Um colega da SEAP lotado na muralha, passou que o presídio de Bangu 8 esta sofrendo uma lavagem geral e esvaziamento de uma ala inteira da unidade, em selas que tinham dois presos passou a ter 6 por sela, O major Palmira Pereira Marques, chefe de gabinete da SEAP, esta andando a tarde toda ao lado do coordenador das unidades de Bangu. ou seja estão preparando um presídio para que o senhor Sergio Ladrão fique de boa no presídio. Vamos denunciar na mídia essa boa vida preparada pelo seus subalternos. O comandante da policia militar foi corregedor da SEAP, o Secretario da SEAP sempre esteve no governo do Cabral Ladrão como vice presidente do DETRO, hoje secretario da SEAP. Toda a estrutura da SEAP foi escolha desse ladrão do Cabral Secretário de Estado de Administração Penitenciária:Cel. PM Erir Ribeiro Costa Filho Chefe de Gabinete Major Palmira Pereira Marques Subsecretário Geral de Administração Penitenciária Lindinaldo Moraes dos Santos Subsecretária Adjunta de Administração e Gestão Estratégica Ingrid Silva Rocha Subsecretário Adjunto de Infraestrutura Cel. Marcos Daflon Correia Subsecretário Adjunto de Tratamento PenitenciárioGilson Sebastião Nogueira Subsecretário Adjunto de Gestão Operacional Sauler Antonio Sakalen. Todos estão a serviço de políticos corruptos. Mudança já na SEAP. Os colegas da muralha de Bangu essa é a hora de denunciar essa corja de safados que se vende por uma direção ou coordenadores, Foi o Sergio Ladrão que aumentou a alimentação dos presos de três refeições dia para seis refeições dias, enquanto o servidor passa fome o vagabundo e bem alimentado.

    ResponderExcluir
  4. A refeição está melhor do que dos policiais, pois nas UPPs os recrutas que trabalham não tem direito a refeição, agora marginal tem direitos a refeito completa.

    ResponderExcluir
  5. https://blogcoronelpaul.blogspot.com.br/2016/11/prisao-de-cabral-denuncia-sobre.html?m=1

    ResponderExcluir
  6. http://m.oantagonista.com/posts/moro-a-vida-dos-malandros-e-o-sacrificio-da-populacao

    ResponderExcluir
  7. Cabral pagou com traição
    A quem sempre lhe deu a mão.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.