segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Cármen Lúcia derruba liminar que suspendia aumento da contribuição previdenciária no Rio

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, acaba de dar ganho de causa ao governador Pezão e derrubar a liminar que impedia a Assembleia Legislativa do Rio de votar o projeto de lei que aumenta a alíquota de cobrança previdenciária dos servidores estaduais.

Aliás, essa liminar, do desembargador Custodio de Barros Tostes, foi um dos assuntos mais discutidos em rodas de juristas em todo o país ultimamente. O debate era: poderia o Poder Judiciário impedir a tramitação de um projeto, antes mesmo de ser discutido nas comissões técnicas e aprovado no plenário, de uma casa legislativa? 


Cármen Lúcia | Ailton de Freitas

FONTE: G1

8 comentários:

  1. É como é que fica??? O nosso esforço não vale nada? Infelismente não é o salário dela que tá em questão ...dia 16 derrubar esses canalhas unidos somos mais

    ResponderExcluir
  2. O que me conforta é que o INFERNO, não foi criado para os Bons, mas sim para os PERVERSOS que muito em breve descerá ao ABISMO ETERNO!

    ResponderExcluir
  3. Cara essa é a próxima que temos q derrubar. Só favorece merda. Quero ver ela tirar algo do dela

    ResponderExcluir
  4. Tinha que ser presa! Está do lado dos notórios ladrões !

    ResponderExcluir
  5. Frase do general mourão:" muitos deveriam colocar-se de joelhos ou irem para cuba, pois num governo sério, deveriam ser fuzilados em praça pública". Tai a dica

    ResponderExcluir
  6. O STF é um covil de corruptos disfarçados de juízes.
    Eles são escolhidos pelos políticos e vão para lá prestar serviços para eles.
    Não merecem nosso respeito.
    Não refletem nossa realidade.

    ResponderExcluir
  7. SÓ COM AJUDA DO FBI PARA PARAR ESTE DESVIO DE DINHEIRO PUBLICO QUE TEM O APOIO DE PESSOAS GRANDES!!! SOS USA!!!! QUE PAÍS É ESSE!!!!!!! O MAL VENCE O BEM!!!! O ESTELIONATÁRIO AINDA TEM VANTAGENS NA JUSTIÇA AINDA MAIS SE FOR BANCOS E GOVERNOS, CHEGA SER INACREDITÁVEL!!!!!

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.