quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Justiça suspende projeto de lei de Pezão que acabaria com triênio dos servidores


Texto entraria em discussão no dia 23, na Alerj 

Uma liminar determinou a suspensão da votação do Projeto de Lei n. 2244/2016, de autoria governador Luiz Fernando Pezão. A medida, uma das propostas do pacote de medidas do governo para combater a crise, visa sus. O projeto que pedia o corte do aumento salarial de servidores a cada três anos, foi considerado inconstitucional pela desembargadora Helda Lima Meireles, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). A ação foi movida pela deputada Enfermeira Rejane (PC do B).

O texto enviado para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) previa a extinção do regime de adicional por tempo de serviço para todo o funcionalismo público civil e militar do Estado do Rio de Janeiro. O início da discussão sobre o projeto estava previsto para o dia 23.

Em sua decisão, a desembargadora Helda Lima Meireles destaca que o reconhecimento do estado de calamidade pública “jamais poderá ser uma carta branca para o Poder Executivo atender situações específicas”.

FONTE: ODIA

Um comentário:

  1. PÔ QUE BELEZA, ELE JA ESTA SEM MORAL, A SUA HORA VAI CHEGAR É O QUE TODOS NÓS ESPERAMOS.AGORA EU FICO IMAGINANDO PARA ESQUECER UM POUCO DESTA COVARDIA. JÁ PENSARAM SE O PEZÃO FOR PARA BANGU, AFINAL ELE ERA VICE DO CABRAL, NÃO VAI DEIXA-LO SÓ. IMAGINEM A SITUAÇÃO. NÃO VAI PRECISAR DE MUITA VIGILANCIA PARA QUE ELE NÃO FUJA, PORQUE O SEU PÉ NÃO PASSARÃO PELAS GRADES E OS AGENTES NÃO PRECISARÃO PERDEREM TEMPO EM VIGIA-LO, PODENDO CUIDAR DOS OUTROS.BOM VAMOS ESPERAR.
    UM PEZÃO NÃO É MAIOR DO QUE A NOSSA UNIÃO NÃO É TROPA

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.