quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Com contas bloqueadas, Estado do Rio não pagará nada a servidores até o fim de 2016


RI Rio de Janeiro (RJ) 20/12/2016 - Manifestação dos servidores públicos estaduais na Alerj. 

Em nota oficial, o governo do Rio informou que não conseguirá pagar, em 2016, nenhuma das parcelas do salário de novembro dos mais de 250 mil servidores que ainda aguardam o pagamento do mês. As parcelas que seriam depositadas nos dias 23 e 29 de novembro, de R$ 370 e R$ 270, respectivamente, não serão pagas. O motivo, segundo o governo, é o bloqueio das contas públicas, feito pelo governo federal.

Segundo o Estado, a União cobra R$ 128 milhões do Rio de Janeiro. O valor diz respeito a parcelas de empréstimos não pagas pelo governo do Rio, e que foram quitadas pelo governo federal, por ser avalista dos empréstimos.

O Palácio Guanabara informa, ainda, que no período entre o último dia 5 e esta quinta-feira, dia 22 de dezembro, o total de valores bloqueados já soma R$ 525 milhões nas contas do Tesouro estadual. O valor seria suficiente para quitar pelo menos um quarto da folha líquida de novembro, que é de R$ 2 bilhões.

O governo promete anunciar o novo calendário de pagamento até a próxima segunda-feira, dia 26 de dezembro.

FONTE: EXTRA

2 comentários:

  1. A JUSTIÇA BLOQUEOU A CONTA P PAGAMENTO DO EMPRÉSTIMO C O GOVERNO FEDERAL. CARAMBAAAAAAA, empréstimos esses feito pelo governo CABRAL facilitado por Dilma e Lula p pagar obras superfaturadas. Por que vcs não completam a reportagem ?

    ResponderExcluir
  2. Senhor tenha misericordia,de nos servidores,tenha misericordia de nos pensionistas.eu posso dizer com toda certeza.que esperei 40 anos,para receber essa abencoada pensao,e quando finalmente consigo receber...olha so o rombo.alguem,pelo amor de Deus faca alguma coisa,por nos.o estado esta falido,mas nos precisamos comer,pagar aluguel,contas que chegam,sos,sos.....

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.