domingo, 25 de dezembro de 2016

Governo do Rio projeta janeiro tenso por provável atraso no pagamento da Segurança


Servidor vestido de Papai Noel em protesto contra a falta de pagamento e o atraso dos salários 

Enquanto os servidores estaduais se desesperaram pela falta de dinheiro, entre os membros do governo do Rio o que se fala após o anúncio do novo calendário de pagamento é sobre o que será feito em janeiro. Já é certo que o Estado vai atrasar os vencimentos de dezembro, que deveriam ser quitados até o dia 13 de janeiro, 10º dia útil do mês. O problema é que o parcelamento dos vencimentos de novembro só termina no dia 17 de janeiro.

— Até aqui, a Educação e a Segurança Pública estavam recebendo de forma integral e perto do 10º dia útil. Isso não vai mais acontecer. Esses servidores já vão ter que enfrentar o atraso — disse um membro da cúpula do governo.

A maior preocupação é sobre os servidores da Segurança Pública — policiais militares e civis, bombeiros e agentes penitenciários. Eles são tidos como prioridade pelo governo, mas deixarão de receber próximo ao 10º dia útil em função do calendário de novembro. Por ora, todos no governo são unânimes em dizer que o pagamento de dezembro só irá começar quando novembro for quitado. Enquanto isso não ocorre, não há previsão sobre os salários de dezembro.

FONTE: EXTRA

2 comentários:

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.