sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Estado inicia pagamento de dezembro, mas ainda deve parcela do salário de novembro


Ri Rio de Janeiro 12.01.2017 - Manifestação de servidores do Estado em frente ao Ministério Público Estadual. 

A Secretaria estadual de Educação confirmou que os servidores ativos vinculados à pasta receberão, hoje, seus vencimentos de dezembro de forma integral. Os salários dos professores serão pagos com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Os funcionários ativos do Departamento Geral de Ações Socioducativas (Degase) também terão seus rendimentos mensais creditados.

— O pagamento dos ativos da Educação será possível graças à boa gestão dos recursos do Fundeb. Vale ressaltar a participação decisiva do secretário de Fazenda, Gustavo Barbosa, e do governador Luiz Fernando Pezão — exaltou o secretário estadual de Educação, Wagner Victer.

Folha de novembro do funcionalismo continua aberta

A quitação da folha de novembro só acontecerá mesmo no dia 17 de janeiro. É o que garantem integrantes do governo. Quase 40 mil servidores ainda aguardam a última parcela do pagamento em atraso. Agora, o valor estimado da dívida estadual é inferior a R$ 200 milhões. O governo, porém, já discute como fará para pagar os salários da Segurança Pública. Existe a possibilidade de os ativos e os aposentados da área receberem já na próxima semana.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.