terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Jorge Picciani passa três horas com Sérgio Cabral em Bangu

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Jorge Picciani, visitou na semana passada o ex-governador do estado, Sérgio Cabral, no conjunto penitenciário de Bangu. A visita de Picciani, líder do PMDB no Rio, durou três horas, de acordo com a coluna de Lauro Jardim.

Segundo a coluna, o relato feito por Picciani a alguns interlocutores revelou que ele ficou “preocupado e tenso” com o que viu na cadeia em Bangu.

Dias antes, o Blog do Moreno afirmou que Picciani encontrou Cabral “muito abatido e desesperado”, e que Cabral teria recebido o presidente da Alerj desta forma: “Pelo amor de Deus! Peça pro Pezão mandar de novo um caminhão-pipa para cá. Quando tinha água em abundância, eu era festejado pelos outros presos. Agora, com água racionada, há dois dias que não tomobanho com medo de ser fisicamente molestado por eles.”

Visita de Picciani a Cabral teria durado três horas

Essas informações surgem no momento em que o ex-governador aguarda a delação premiadado ex-secretário de Obras de seu governo, Hudson Braga, que já está sendo articulada por seus advogados junto ao Ministério Público Federal (MPF). Figuras do alto escalão da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE) devem ser citadas, também de acordo com o colunista Lauro Jardim.

6 comentários:

  1. Tinha que ter uma rebelião lá e o marginal do Sérgio Cabral ser decapitado juntamente com a meretriz da Adriana Anselmo. É isso que ele merece.

    ResponderExcluir
  2. E o picciani também , fdp!!!

    ResponderExcluir
  3. ESPERO QUE SEU SECRETÁRIO HUDSON CACOETE TUDO E A TODOS, SEM EXCEÇÃO, COM TODOS DETALHES! E QUE NÃO SOBRE UM SEQUER QUE ATÉ HOJE ESTÃO POUSANDO DE HONESTO!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Picciani foi ver como anda sua próxima morada.

    ResponderExcluir
  5. PODERIAM APROVEITAR A OCASIÃO E DEIXAR ESSE SAPO VELHO DO PICCIANI TRANCAFIADO TAMBÉM;

    ResponderExcluir
  6. O ex prefeito de Queimado também

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.