terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Policiais civis e agentes penitenciários do Rio anunciam greve por falta de salários



Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira no Clube Municipal, na Tijuca, Zona Norte do Rio, os policiais e peritos vinculados à Polícia Civil do Estado do Rio anunciaram a paralisação por tempo indeterminado a partir das 8h desta terça-feira, dia 17 de janeiro. Na sexta, os delegados foram os primeiros a racionarem os serviços.

A cobrança dos agentes é pelo pagamento de tudo o que é devido aos servidores. Os policiais civis cobram o depósito integral do salário de dezembro, o pagamento do 13º salário, além da quitação dos Regime Adicional de Serviço (RAS) e do adicional por metas alcançadas pelo segundo semestre de 2015. A paralisação seguirá até que o pagamento integral das pendências seja feito a todos os ativos, inativos e pensionistas da corporação.



Mais cedo, os agentes penitenciários do Estado também aprovaram a paralisação da categoria por tempo indeterminado. A assembleia ocorreu no Bangu Campestre Clube. Os servidores decidiram que os servidores serão racionalizados a partir da 0h desta terça-feira. A partir desse horário, apenas serviços como a alimentação de presos, emergências médicas e alvarás de solturas serão realizados. Os procedimentos de visitas, por exemplo, estão suspensos.

Os servidores cobram o pagamento integral do salário de dezembro, atrasado deste a última sexta-feira, dia 13, além do 13º salário, e de condições de trabalho adequadas. Na próxima segunda-feira, uma próxima assembleia será realizada para deliberação sobre o andamento da greve.


FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.