terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Coincidências contra Pezão-Dornelles

O desembargador André Fontes, do TRE, foi taxativo no acórdão que cassou a chapa Pezão (foto)-Dornelles: 

“Gritante, para não dizer assustadora.” 

A frase no documento publicado ontem se refere às doações de empresas, que depois da vitória da dupla receberam benefícios fiscais. Foram arrecadados R$45.150.556,49, cifra superior à soma da arrecadação dos outros candidatos, que atingiram R$ 19.564.729. 

Agora, os advogados de defesa correm para recorrer. Mas nova decisão só a partir de março, quando mudam dois dos sete membros atuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.