sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Elefante Branco – Academia Militar do Corpo de Bombeiros está abandonada

Academia Militar do Corpo de Bombeiros está abandonada

 

Um espaço de mais de 20 mil m² (sendo 4 mil m² de área construída), que conta com 60 quartos com acomodações duplas e banheiros em Petrópolis está abandonado. O antigo prédio que funcionava como Centro de Treinamento da Estação de Correios e Telégrafos, no bairro Fazenda Inglesa, iria abrigar a Academia de Formação D. Pedro II, do Corpo de Bombeiros. A inauguração estava prevista para o final de 2013a, mas as obras de adaptação, que já estavam em ritmo lento, pararam de vez há pelo menos cinco meses. E não há previsão para o retorno, de acordo com a assessoria da instituição, por conta do cenário econômico atual.

Comprado pelo Governo do Estado por R$ 4,4 milhões, o espaço seria transformado em um complexo para as aulas teóricas e preparação física para combates a incêndios e resgates, formando todo o quadro de oficiais do Corpo de Bombeiros – todo ano, 50 aspirantes a oficial são formados na Academia. As principais obras seriam para a adaptação aos requisitos de treinamentos dos bombeiros, mas, em várias salas, o que é visível para quem passa pelo local é apenas espaços vazios, sendo que alguns estão com as obras inacabadas.

O espaço está localizado às margens da BR-040, na Estrada do Contorno. A ideia era transferir o local para Petrópolis e ampliar a capacidade de formar cadetes. O espaço tem por objetivo garantir ensino de excelência em diversas áreas que integram a formação dos oficiais, condições para o aperfeiçoamento dos militares. O centro de formação foi utilizado pela última vez há seis anos, como abrigo para famílias vítimas das chuvas que afetaram a cidade em 2011. Apesar do aparente bom estado de conservação dos prédios, é fácil constatar as marcas do abandono: mato muito alto, fios expostos nos prédios, obras incompletas e

grades enferrujadas compõem o cenário do local.



Hoje, a Academia está localizada no Complexo de Ensino Cornoel Sarmento, em Guadalupe, na zona norte do Rio. Um complexo aquático, composto por piscina olímpica de 25 metros; pista de atletismo com 400 metros e oito raias; torres de exercício, que permitem amplo treinamento de diversas modalidades de salvamento; e combate aos incêndios são itens que estão disponíveis para a formação. O complexo também conta com diversos aparelhos, como pista de cordas; vagão de trem elétrico; e pátio de queima, com casa de fumaça, tanques de queima para combustão de líquidos inflamáveis e rede hidráulica pressurizada de combate a incêndio.

O espaço não apenas beneficiaria os militares petropolitanos, mas também iria melhorar a infraestrutura para a formação da corporação, segundo o comandante do Comando de Bombeiro de Área II – Região Serrana, tenente-coronel Rafael Simão.

– Instalar a Academia de Formação D. Pedro II neste prédio, em Petrópolis, era uma antiga vontade do Corpo dos Bombeiros, e a vinda para a cidade vai fazer com que o espaço possa oferecer maior qualidade e melhores condições para que o aprendizado e o treinamento sejam realizados – disse.

Quem passa pela região com frequência e vê o abandono da obra lamenta que o espaço esteja abandonado. É o caso do pedreiro Celso de Sá, que trabalhou no antigo Centro de Treinamento da Estação de Correios e Telégrafos por cinco anos.

– O espaço é muito bom! Ali já foi hotel, já foi o centro de treinamento dos Correios e tem várias salas amplas, muitos quartos. Seria interessante que esse espaço fosse ocupado por alguma coisa que trouxesse movimento para o bairro – afirmou Celso.

O comerciante José Joaquim de Souza, que tem um bar e uma mercearia próximos ao prédio, também tinha esperança de ver o espaço funcionando – ou, pelo menos, as obras acontecendo, o que gerava um aumento nas vendas.

– Espero que a obra fique pronta, pois vai aumentar o movimento. Pelo menos as obras poderiam estar sendo feitas. Quando tinha a obra, os trabalhadores vinham aqui, compravam alguma coisa. Mesmo só sem ter a obra, temos prejuízo. Mas isso é um retrato do Brasil, que está indo à falência. Gastaram um montão de dinheiro e não terminaram a obra – lamenta.


E AINDA TIRAM BOMBEIROS DA FILEIRA, QUE JÁ ESTÁ ESCASSA, PARA TOMAR CONTA DO LUGAR!!!

TOMA VERGONHA COMANDANTE, FIQUE DO LADO DA TROPA E NÃO DO GOVERNO!!!

5 comentários:

  1. o bombeiro fica lá sozinho sem comunicaçao e sem viatura a merçe da sorte

    ResponderExcluir
  2. Simples! Vende o elefante!

    ResponderExcluir
  3. GENTE A PM E BM DO ESPÍRITO SANTO ESTÃO INGRESSANDO EM OPERAÇÃO PADRÃO...POR REAJUSTE SALARIAL...E DAQUI A POUCO ESTARÃO FIGURANDO ENTRE OS MELHORES SALÁRIOS DO BRASIL NOVAMENTE...SABEM POR QUÊ?...PORQUE O CMDO FECHA JUNTO COM A TROPA...E PORQUE A PM BOTA A CARA NO MOVIMENTO...ENQUANTO QUE NO RIO...KKKKKKK...PREFIRO NEM COMENTAR....OS MILITARES DO RJ TÊM O QUE MERECEM E PONTO....INFELIZMENTE....DEIXA EU APROVEITAR MINHA FOLGA E CONTINUAR MEUS ESTUDOS PRA SAIR FORA DESSA CANOA FURADA....
    FONTE: http://www.folhadoes.com/noticia/2017/02/03/sem-pms-nas-ruas-militares-anunciam-manifestacao-em-cachoeiro.html

    ResponderExcluir
  4. tinha era q vender isso, servirá para tirar o jovem oficial de guadalupe e desumanizá-lo , voltar aos tempos de anteriormente, punição atras de punição. E para não formar bombeiros q akilo lá faz guadalupe esta muito bom

    ResponderExcluir
  5. É do estado não é : faz hospital:

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.