terça-feira, 18 de abril de 2017

Pezão recorre ao TSE contra decisão que cassa seu mandato

Segundo defesa do governador, julgamento que cassou chapa Pezão-Dornelles tem que ser anulado porque uma integrante da Corte não votou

Rio - Advogados do governador Luiz Fernando Pezão recorreram nesta segunda-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) que cassou a chapa Pezão-Francisco Dornelles, vice-governador. Alegam que o julgamento tem que ser anulado porque uma das integrantes da Corte não votou.

Dornelles e Pezão comemoram a vitória nas urnas em 2014. Agora vão recorrer da decisão de cassaçãoAndré Mourão / Arquivo / Agência O Dia

Prestação de contas

A juíza da 8ª Vara de Fazenda Pública, Luciana Lopes, mandou notificar Luiz Fernando Pezão sobre ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público. Ele é acusado de não aplicar R$ 1,4 bilhão na Saúde. Se condenado, pode ficar de três a cinco anos inelegível.

Fim da parceria


O Tribunal de Justiça não vai soltar mais um centavo do fundo para ajudar as contas do estado. A cúpula está fula da vida com o governador Luiz Fernando Pezão, que deu ‘calote’ nos cofres da Corte. Muitos magistrados juram que o fundo não ultrapassou R$ 2 bilhões no ano passado.