quinta-feira, 11 de maio de 2017

Servidores do Rio pedem apoio a deputados contra mudanças na Previdência e promessas são gravadas


Servidores ao lado do deputado Bebeto (PDT)

 

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe) iniciou, na última semana, uma peregrinação entre os gabinetes dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Eles pedem que cada um faça sua declaração de voto frente ao projeto que aumenta a contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14%. Caso o deputado se declare contrário ao texto, os servidores pedem que o parlamentar grave um vídeo indicando sua posição.

A esperança dos servidores é alcançar, nas próximas duas semanas, mais de 30 declarações contrárias ao aumento da contribuição à Previdência. Nesta terça-feira, um dos deputados que já declarou seu voto contrário à nova Previdência foi Bebeto, do PDT.

A ideia é divulgar, dias antes da votação das alterações na contribuição à Previdência do funcionalismo, o vídeo com as promessas feitas pelos deputados.

FONTE: EXTRA

6 comentários:

  1. TODO MUNDO QUERENDO UMA TETA. SE NÃO ESTAR SATISFEITO ONDE ESTÁ PEDI BAIXA. NINGUÉM FAZ NADA PRA NINGUÉM SEM INTERESSE....
    TEM QUE SER DA RESERVA, CHEGA DE MI MI MI E POR FAVOR, NÃO VOTAR EM OFICIAIS...

    CB CHAGAS - INTERIOR

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Carlos Augusto Chagas, o meu nome de guerra é Chagas, equivoca-se o companheiro pela sua narrativa, você não me conhece, mas outros sim. Nem por isso vou deixar de se manifestar e o foco é outro, acredito que você não tenha participado dos movimentos da PEC 300 e do movimento que deu origem as prisões em 2011 e tampouco não fico na sombra de ninguém e vivo do meu suor. Boa noite !

    ResponderExcluir
  4. Assim como vc todos tem direito de manifestar seus pensamentos, não quero de maneira alguma desmerecer o companheiro, o problema em questão é que vc fez uma manifestação crítica, que vc tem toda liberdade,e por coincidência me chamo CB Chagas e sou do interior tambem. A nossa luta começou em 2011 e está em andamento, temos que continuar acreditando e seguir em frente. Desculpe o mal entendido.

    ResponderExcluir
  5. Assim como vc todos tem direito de manifestar seus pensamentos, não quero de maneira alguma desmerecer o companheiro, o problema em questão é que vc fez uma manifestação crítica, que vc tem toda liberdade,e por coincidência me chamo CB Chagas e sou do interior tambem. A nossa luta começou em 2011 e está em andamento, temos que continuar acreditando e seguir em frente. Desculpe o mal entendido.

    ResponderExcluir
  6. O inimigo é outro,temos que dar todo apoio ao Mesac e as outras lideranças dos servidores que estão lutando na ALERJ, ninguém consegue lutar sozinho por muito tempo.
    Juntos somos fortes !

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.