sexta-feira, 26 de maio de 2017

Sindicato pede a interdição do Palácio Tiradentes após laudo impedindo a entrada de servidores

Servidores se mobilizam para novos protestos contra o que chamam de pacote de maldade do governo estadual.



Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (SindJustiça) apresentou, ontem, requerimento junto ao Comando Geral do Corpo de Bombeiros em que pede, entre diversos pontos, a interdição imediata da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

O questionamento do sindicato se baseia no laudo apresentado pela assembleia, na quarta-feira, que impediu a entrada de servidores no Palácio Tiradentes para acompanhar a sessão que elevou a contribuição previdenciária para 14%.

O SindJustiça pede, também, que se apure a procedência do laudo, pois ele não possui uma formulação oficial, e a forma com ele foi solicitado. Segundo o laudo apresentado pela Alerj, cabem no Palácio Tiradantes 310 pessoa

Fonte: EXTRA