segunda-feira, 26 de junho de 2017

AUTORIZADO CONCURSO PARA OFICIAL DO CORPO DE BOMBEIRO



Publicado no DOERJ do dia 22 de junho de 2017, autorização para abertura de concurso público de 50 vagas para o cargo de Cadete do 1º ano do Curso de Formação de Oficiais Combatentes no ano de 2017.


Fonte: DOERJ

20 comentários:

  1. Taqueopariu ninguém aguenta mais tantos tenentes. 5000 mil subs indo embora e entram 50 oficiais? Só pode ser skng

    ResponderExcluir
  2. Quero ver até o fim do ano como vai ficar os quarteis .
    Com esse dinheiro poderia colocar 150 soldados que se formaria em 6 meses e ia fazer as coisas funcionarem

    ResponderExcluir
  3. PQP!!!! Mais oficiais q não servem pra merda nenhuma!
    Sabem nada de Socorro, metem a mão em nada. Só peso pro estado.

    ResponderExcluir
  4. ninguém aguenta tanto oficial dando cabeçada, enquanto isso, sargento fazendo faxina, sargento pegando na hora, sargento assumindo duas, três, quatro funções é por isso que eu odeio oficial. Se depender de mim para salvar a vida de um desgraçado desses, tá na vala.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Alguém sabe dizer qual foi o parecer da Procuradoria Geral do Estado sobre a lei 7.121/15, aprovada na Alerj?

    ResponderExcluir
  8. Mesac.
    Cade o cumprimento da lei 7.121/15 que fala da queda do intertíciodo pessoal da QBMP/06 Axé.
    Cade?????????????????????????
    Sabe que se você não ajudar o pessoal, vai ganhar muitos votos NULOS.
    É isso..................................................

    ResponderExcluir
  9. Taquipariu essa fábrica não para,precisamos de praças,precisamos oficiais de saúde e promoção para eles,capitão médico com 15 anos como capitão é covardia,tnc.

    ResponderExcluir
  10. O Corpo de Bombeiros é uma piada, governado por palhaços e gerido por incompetentes!

    ResponderExcluir
  11. Precisamos de militares operecionais que é o caso dos praças. Administrativos estamos cheios.

    ResponderExcluir
  12. Enquanto isso, ficam desviando os praças de função, como os músicos que estão cursando pra cobrir buracos operacionais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveríamos solicitar o retorno de nossos militares,tanto da área de saúde como combatentes ao cbmerj .

      Excluir
  13. Mesac KD a nossa promoção ????

    ResponderExcluir
  14. Verdade, muita gente fora da função e ganhando de outra fonte.

    ResponderExcluir
  15. É MESAC.
    Se voc~e não ajudar o pessoal da saúde QBMP/06 com a queda do intertício você terá muitos, mas muitos votos nulos.
    Pelo menos uns 10 mil contando com familiares.
    Cumprimento da Lei 7.121/15 já.

    ResponderExcluir
  16. Cade a queda do intertício para o pessoal da saúde QBMP/06/ Axé????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

    ResponderExcluir
  17. Existe também o caso dos Eternentes do QOS. Eu como oficial já trabalhei com 1Sgt que hoje é Maj QOA e eu continuo tenente. Já são quase 9 anos como tenente e ainda sem nenhuma perspectiva de promoção.

    1Ten BM QOS/Enf

    ResponderExcluir
  18. O Comandante geral precisa rever as promoções dos oficiais de saúde,não é justos um capitão médicos com cabelos grisalhos com 15 anos como médicos especialistas,tenentes de saúde na mesma situação é vários praças tb qbmp 6 desprestigiados por esse comando,atenção diretor da dgs.

    ResponderExcluir
  19. Poderia reverter essas vagas para o CHOAE o que é para praças eles cagam

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.