sexta-feira, 9 de junho de 2017

Bombeiros são infectados durante treinamento em caverna

Pelo menos 12 pessoas, entre alunos e instrutores, estão hospitalizados; fungo encontrado em fezes de morcegos teria contaminado militares. Caso ocorreu durante treinamento em Brazlândia.


Morcegos (Foto: Eric Gay/AP)

Bombeiros que participaram de um curso de resgate em uma caverna em Brazlândia, no Distrito Federal, estão internados com suspeita de histoplasmose – infecção causada pela inalação de esporos de um fungo que é encontrado em fezes de pássaros e de morcegos.

O treinamento ocorreu entre 16 e 19 de maio, mas só agora os sintomas da doença começaram a ser sentidos pelo grupo. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do DF e o Corpo de Bombeiros.

“Como a doença se manifesta somente após algumas semanas, só agora alguns militares começaram a perceber os sintomas.”

Segundo a corporação, pelo menos 18 pessoas, entre alunos e instrutores, apresentaram dores de cabeça e febre persistente. De acordo com a Secretaria de Saúde, 11 estão sendo atendidos no Hospital Maria Auxiliadora, uma instituição privada na região do Gama, e um militar está internado no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Os outros soldados já receberam alta.

A pasta informou que 25 bombeiros participaram do treinamento. Todos os militares estão em investigação epidemiológica e serão acompanhados pela Subsecretaria de Vigilância à Saúde.

Ao G1, os bombeiros disseram que, durante a preparação do teste, os instrutores da corporação não perceberam a quantidade de morcegos que havia no local. Em nota, a Secretaria de Saúde afirmou que uma equipe da Vigilância à Saúde vistoriou a caverna e que a área foi isolada.

"Não há transmissão de pessoa a pessoa. Ou seja, as pessoas infectadas não representam risco. Assim, isolada a caverna, não há novos riscos de contaminação."

Por volta das 15h45 desta sexta-feira (9), os bombeiros enviaram uma nota sobre o caso e disseram que estão prestado todo o apoio necessário aos militares envolvidos. (veja nota abaixo).

Nota do Corpo de Bombeiros:

"Diante das notícias divulgadas em alguns veículos de informação acerca de situação envolvendo militares da corporação, o Corpo de Bombeiros Militar do DF vem a público esclarecer que:

Em razão da natureza das atividades do Corpo de Bombeiros, que inclui atividades de busca e resgate em locais inóspitos, faz-se necessária a adequada preparação dos militares para missões em locais ermos e cavernas, cujo treinamento ocorre por meio de cursos de especialização como o Curso de Tripulante Operacional.

Destarte, os militares do CBMDF passaram por treinamento de busca e salvamento em ambiente natural, situado na região de Brazlândia, a cerca de 15 dias. Após uma semana de ocorrido o treinamento, alguns militares passaram a apresentar sintomas semelhantes aos da gripe, com febre e desconforto respiratório, os quais persistiram após o uso de medicação comumente indicada para estes casos, levando-os a buscar atendimento médico para um diagnóstico mais assertivo.

Diante do ocorrido, o CBMDF destacou um médico epidemiologista da corporação para acompanhar os casos e tomar as medidas que o caso requer.

As informações atualizadas na data de hoje indicam que 10 (dez) militares foram internados na rede hospitalar conveniada à corporação, sendo que 01 (um) já obteve alta e outros 02 (dois) têm previsão de alta em breve, em razão do quadro clínico que apresentam. Além destes, outros 10 (dez) militares também procuraram atendimento e não necessitaram de internação.

Outrossim, informo-vos que a Vigilância Epidemiológica e a Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde foram acionadas para acompanhamento e confirmação do diagnóstico inicial. O Corpo de Bombeiros esclarece que tem prestado todo o apoio necessário aos militares envolvidos, designando um corpo médico especializado para acompanhar o caso."

FONTE: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.