domingo, 9 de julho de 2017

CARTA DE UM BOMBEIRO PARA UM DEPUTADO ELEITO POR BOMBEIROS

Daciolo, antes que chegue até você através de terceiros, quero aqui oficializar meu rompimento com seu mandato. 

Quem o faz é o responsável direto por você hoje ocupar essa cadeira, afinal, devido a minha insistência, você abandonou a idéia descabida de se lançar candidato pelo PSTU no pleito de 2014, aceitando, repito, por minha insistência, a vaga no PSOL. 

Não é preciso mestrado em Ciências Politicas para saber que sua eleição deveu-se inexoravelmente a esta manobra, pois os 49.831 votos que obtivera não seriam suficientes para elegê-lo pelo (PSTU), porém o foram suficientes no PSOL, graças ao quociente Eleitoral/partidário. Afinal Chico Alencar e Jean Wyllys, com 195.964 e 144.770 votos, respectivamente, os puxadores de votos desta legenda(PSOL) sacramentaram sua eleição. 

Ainda bem que te fiz desistir de utilizar "a porta estreita”, hein? Mas tudo bem você não me deve nada, eu é que devo a você.
Sei que nessas palavras abandono o coletivo e entro no individual, não sou vaidoso, sabe disso, faço isso apenas e tão somente, para lembrá-lo que às vezes acerto.

​Desculpe utilizar e-mail. Lanço mão de tal recurso, pois sei que você não me atenderia ao telefone, como aliás fizera inúmeras vezes quando liguei tentando obter explicação sobre sua falta de apoio ao MUSPE. Não questiono sua efetividade enquanto parlamentar, sei que você é aplicado nesta tão importante função. Gostaria de deixar isso bem claro. Meus questionamentos são outros.

​Tenho impressão que elegi um pastor no lugar do Deputado. Antes que eu seja mal interpretado. Nada contra Pastores, Padres, Rabinos, etc. Me refiro ao “MIX” Poder Público/Religião. Em momento algum da história essa mescla nos trouxe bons resultados. Seu discurso messiânico com alto teor de intolerância, vai de encontro a tudo aquilo que acredito. Não teria sido mais coerente você ter permanecido na condição de ativo do CBMERJ, exercendo sua LIBERDADE RELIGIOSA, deixando espaço para um representante de nossa categoria mais alinhado com a sagrada LAICIDADE do Estado? Será que a Oração de um Deputado tem mais força do que a de um "simples" Cabo do Bombeiro?

​Nosso planeta está se tornando um lugar inabitável, em virtude do radicalismo de toda sorte, principalmente este de cunho religioso, onde cada um é o “Dono da verdade”. Precisamos de discurso e práticas aglutinadoras, que respeitem as diversidades. Chega de radicalismo.

​Espero um dia descobrir também o monstro que existe no Marcio Garcia, pois aquela sua desculpa de que ele "é do sistema" nunca me convenceu.

​Inadmissível também sua falta de apoio ao MUSPE, pregando agora que a “rua pertence ao sistema”, “que basta se humilhar” e “dobrar os joelhos” que tudo se resolverá. Se nós Servidores Públicos, seguíssemos sua orientação, Pezão teria emplacado seu maquiavélico pacote da maldade.  

​Em virtude dos motivos elencados, estou ratificando meu rompimento com seu Mandato. Continuo como militante de nosso amado SOSBOMBEIROS, seja ele, SOSBOMBEIROSRJ ou SOSBOMBEIROS.COM, movimento que ajudei a criar e que com certeza continuarei a defender.

Até breve.

Marcelo Jr.
Região Norte/Noroeste