segunda-feira, 31 de julho de 2017

DÉCIMO TERCEIRO EM SETEMBRO - SERÁ?

Estado faz hoje pedido de adesão formal ao plano

O crédito será usado para pagar em dia os salários dos servidores após o acerto das folhas (maio e junho) que estão atrasadas

Rio - Hoje, o governo do Rio vai protocolar o pedido formal de adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) em Brasília. A partir desse passo, o estado contará os dias para ter o acordo homologado pelo presidente Michel Temer e, assim, poder receber empréstimo de R$ 3,5 bilhões (com as ações da Cedae como garantia). O crédito será usado para pagar em dia os salários dos servidores após o acerto das folhas (maio e junho) que estão atrasadas. 

Atualmente, o estado não pode fazer essa operação financeira, pois ultrapassou seu limite de endividamento previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). E a legislação que criou o RRF autoriza os entes nessa situação a receber crédito com o aval do governo federal. A contrapartida do Rio, no entanto, são as ações da companhia de águas e esgoto do estado. 


Débitos poderão ser regularizados ainda na segunda quinzena de agosto, segundo Gustavo Barbosa

Antes de receber os R$3,5 bilhões, o Rio acredita que quitará os salários atrasados de maio e de junho de mais de 200 mil servidores ativos, inativos e pensionistas. E o décimo terceiro será pago, possivelmente, em setembro, com parte dos recursos do empréstimo. 

E pelas perspectivas apresentadas na última sexta-feira pelo secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa, esses débitos poderão ser regularizados ainda na segunda quinzena de agosto (a partir do dia 16) com a receita oriunda da venda da folha salarial dos servidores. 

Para o pagamento dessas folhas, é necessário o valor de pouco mais de R$1 bilhão. E o estado prevê uma receita de R$ 1,4 bilhão com o pregão, que será no próximo dia 9 do mês que vem. 

Já o décimo terceiro será pago quando o empréstimo de R$ 3,5 bilhões — com as ações da Cedae como garantia — chegar aos cofres fluminenses. A expectativa é de que isso ocorra em setembro.

Os vencimentos de maio foram pagos apenas para 262.756 servidores ativos, inativos e pensionistas, o que representa um total de R$ 1,148 bilhão líquido, segundo a Fazenda. Faltam receber 204.579 funcionários da ativa, aposentados e pensionistas. São necessários e R$ 451,8 milhões líquidos para quitar essa folha. 

Já os vencimentos de junho ainda têm que ser pagos a 216.127 ativos, aposentados e pensionistas. O estado terá que depositar R$ 609,8 milhões líquidos. Até o momento, 250.524 vínculos do Executivo do Rio receberam os salários do mês passado. Fazem parte desse grupo os ativos da Educação (pagos com recursos do Fundeb); ativos, inativos e pensionistas da Segurança; ativos da Fazenda; além da Procuradoria Geral do Estado (com recursos próprios, mediante autorização da Justiça). 

Duzentos e vinte e sete mil servidores da ativa, inativos e pensionistas aguardam o 13º de 2016. De acordo com a Fazenda, o valor líquido está em aberto é de R$ 1,2 bilhão.

FONTE: O DIA

2 comentários:

  1. mais em setembro já estará esgotado o prazo para que o governo desconte o rio previdência com aumento,ele teria 90 dias para colocar os salários em dia inclusive o décimo terceiro.temos que ficar atentos quanto a este prazo para não levarmos uma volta deste governo corrupto.

    ResponderExcluir
  2. MEU COMENTARIO E ME AJUDEM TODOS BOMBEIROS ATIVOS INATIVOS E PENSIONISTAS COM PELO MENOS UM REAL CADA UM SOU HIPERTENSO ARTERIAL E DIABETICO ESTOU COM NEUROPATIA DEGENERATIVA E NAO ESTOU TENDO NEM COMDIÇOES DE COMPRAR AS INSULINAS FUI REFORMADO MAS DE UMA FORMA QUE NAO ENTENDI MAS NAO ADIANTA RECLAMAR SO CLAMAR POR AJUDA VALEU GENTE............

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.