quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Desembargador derruba liminar que suspendeu a privatização da Cedae.

A Procuradoria-Geral do Estado do Rio, então, apelou ao TRT.


CEDAE


O presidente do TRT da 1ª Região, Fernando Antonio Zorzenon, derrubou hoje uma liminar que suspendeu a privatização da Cedae.

Na sexta-feira passada, a juíza do Trabalho Maria Nuti havia concordado com os argumentos Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Saneamento Básico e Meio Ambiente do Rio de Janeiro, que pedia a suspensão do processo de privatização.

Ontem, a própria juíza havia negado um pedido do governo do Rio de Janeiro para rever a decisão. A Procuradoria-Geral do Estado do Rio, então, apelou ao TRT.

Na ação, a procuradoria alegou que a decisão poderia acarretar "grave lesão à ordem pública" caso fosse mantida. O desembargador ainda acrescentou que a suspensão da privatização poderia comprometer a segurança e a recuperação fiscal do Rio.




Fonte: O GLOBO

Um comentário:

  1. Um morde e o outro assopra , com certeza esse levou dinheiro , é tudo assim mesmo. Primeiro lançam a dificuldade , depois ganham pela solução.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.