quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Justiça do Trabalho nega recurso do Estado para liberar privatização da Cedae

Prédio da Cedae, no Centro do Rio


A juíza substituta do trabalho Maria Gabriela Nuti, da 57ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, despachou, nesta terça-feira, decisão em que nega o recurso feito pelo Estado do Rio contra a liminar que paralisou o andamento do processo de privatização da Cedae sob pena de R$ 500 mil ao governo do Rio. Na última sexta-feira, Maria Gabriela determinou que os empregados públicas celetistas sejam ouvidos no processo de alienação, caso queiram formar uma cooperativa no sentido de administrar a Cedae.

Na decisão desta terça-feira, a magistrada critica o governo do Rio, após as petições apresentadas na segunda-feira. Segundo Maria Gabriela, o Estado busca colocar "os servidores uns contras os outros", e que o "ônus da má administração da coisa pública não pode ser pago pelos funcionários". Segundo a juíza, a Procuradoria Geral do Estado pediu pela revisão da decisão ao justificar que a venda da Cedae seria o passo necessário para colocar os salários dos servidores em dia.

Desta forma, segue suspenso qualquer processo de andamento sobre a venda da Cedae. O governo do Rio ainda analisa a situação para saber se há real impedimento para algum andamento. Em paralelo, ainda resta concluir o edital do pregão para a contratação do empréstimo de até R$ 3,5 bilhões que terá como garantia as ações da Cedae. Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, resta o "aval de Brasília", que ainda avalia "o valor da Cedae".
Enquanto isso, os servidores seguem sem receber o 13º salário de 2016. São mais de 227 mil.






Fonte: EXTRA

3 comentários:

  1. Mais um tiro no pé. Esse maldito Governador e sua corja do PMDB, não conseguirão colocar o 13% de 2016 em dia. Faliram o Estado com a corrupção e isenções de ICMS, agora querem jogar na conta dos funcionários da CEDAE. Vamos ver se nas eleições de 2018, ainda vão eleger esses canalhas como: Picciani e os filhos, Paulo Melo, Marco Cabral e outros da ALERJ que jogaram contra a população nas votações bancadas por Pezão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O PIOR É QUE TEM GENTE QUE VOTAM NESSES CANALHAS.

      Excluir
  2. Pior que vão não dói em todos só nos funcionários públicos,a voz do povo é a voz de Deus , esse é só um dos piores ditados feitos pelo homem da nojo só de ouvir.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.