quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Salário de outubro da Educação cai na conta nesta quarta-feira

Depósito foi realizado um dia antes do que foi anunciado pela Secretaria Estadual de Fazenda.




Os servidores ativos da Educação vão poder aproveitar melhor o feriado da Proclamação da República com dinheiro no bolso. A Secretaria Estadual de Educação informou à coluna que o pagamento de outubro dos servidores ativos foi antecipado e começou a ser creditado na conta nesta quarta-feira. Os 78.685 ativos da Educação e do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) começaram a receber hoje. Em entrevista à coluna, o secretário estadual de Educação, Wagner Victer, informou que conseguiu antecipar a transferência do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), um dia antes do previsto. 

"É uma boa notícia para os ativos no dia da Proclamação da República. A gente conseguiu antecipar a transferência do Fundeb, por isso os ativos da Educação e do Degase conseguiram receber hoje. É bom lembrar que o estado do Rio não recebe nenhum centavo do Governo Federal para o Fundeb, e este ainda banca os 92 municípios do estado. Não divulgamos antes para não criar uma expectativa", explicou Victer. 

A Secretaria Estadual de Fazenda informou à coluna que além da Educação, os depósitos dos salários dos ativos, aposentados e pensionistas da Segurança - policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e funcionários das secretarias de Segurança e Administração Penitenciária e órgãos vinculados também estão programados para serem creditados em conta até amanhã, mesmo após o término do expediente bancário.

O pagamento começou a ser realizado um dia antes do que foi anunciado pela Secretaria Estadual de Fazenda. No total, serão creditados R$ 922milhões para 237.869 funcionários. Vale lembrar que os vencimentos começaram a entrar hoje na conta, e continuam a até amanhã ao longo do dia.





Fonte:  O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.