domingo, 12 de novembro de 2017

Valor da dívida sobre salários dos servidores já se aproxima ao que o Estado do Rio tem a receber com empréstimo

Pezão já fez promessa de colocar os salários em dia com empréstimo


A projeções atuais sobre os salários dos servidores estaduais apontam para um fim de mês com muitos cálculos. A matemática atual indica a possibilidade de pagamento parcial de duas folhas — setembro e outubro —, além do 13º salário de 2016 e de gratificações pendentes ao fim de novembro. Isso tudo será feito (com o sucesso das negociações com a União), com a chegada do empréstimo junto ao banco BNP Paribas Brasil.


O detalhe, porém, é que o Estado vai receber, três dias após a publicação do contrato no Diário Oficial da União, R$ 2 bilhões. Os R$ 900 restantes somente serão liberados próximo do fim do ano.

Enquanto isso, segundo as contas de integrantes do governo, a dívida vai se aproximar desse valor. Considerando o 13º de 2016, a pendência é de R$ 1,2 bilhão. Sobre as folhas, a previsão é de que, juntas, as dívidas alcancem R$ 800 milhões. Ou seja, já são R$ 2 bilhões em aberto. O governo, porém, mantém a posição de quitar atrasados e pôr salários em dia.




Fonte:  EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.