quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Assembleia vai ter alto índice de renovação nas eleições deste ano

O Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Rio



Se as eleições fossem hoje — e as intenções vencessem a barreira da realidade — a Assembleia Legislativa já teria, de cara, uma renovação de mais de 25%.

É que 18 dos 70 deputados não pretendem — ou não têm condições de — concorrer à reeleição.

Quase todos sonham com uma vaga no olimpo, ou melhor, no Congresso Nacional, em Brasília.

Caminhos


A renovação começa do alto. Com o título de primeiro colocado nas urnas em 2014, Marcelo Freixo (PSOL) não está em busca da reeleição.

Vai levar o cacife dos seus 350 mil votos para a disputa por uma vaga na Câmara dos Deputados. Outros oito deputados estaduais vão pelo mesmo caminho.

E mais sete estão prestes a desistir da vida política.

Impossibilitados


Há quem aposte em outras três baixas na peleja de outubro.

Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, do PMDB, podem até conseguir um habeas corpus. Mas devem usar o tempo livre para construir suas defesas — e não suas campanhas.



Fonte:  EXTRA