Previsão do tempo:
Tempo negro.
Temperatura sufocante.
O ar está irrespirável.
O país está sendo varrido por fortes ventos.
Máx.: 38º, em Brasília.Mín.:5º, nas Laranjeiras.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Bombeiro passa em medicina na UFPB em 1º lugar geral após reprovar um ano antes

Pablo Mariz é atleta de jiu-jitsu e conciliava treinos com os estudos para o Enem.




O primeiro lugar geral da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018 conquistou a colocação após ser reprovado no curso de medicina no ano anterior. O bombeiro militar Pablo Mariz, de 23 anos, decidiu que queria cursar medicina há cerca de 1 ano e meio, quando já estava trabalhando na corporação e já tinha passado pela universidade no curso de educação física.

No Enem 2017, ele conseguiu fazer 751 pontos, o que não foi suficiente para passar em Medicina. “Eu estudei por seis meses. Fazia muito tempo que não estudava conteúdo do ensino médio. Eu não sabia direito o que estudar, não tinha um direcionamento. Fiz tudo por conta própria, sem cronograma. Por isso, não consegui ver todo o programa. Mas foi um ano de experiência pra mim”, contou.


Bombeiro passou em 1º lugar para medicina na UFPB com 825,92 pontos (Foto: Reprodução/Sisu)




No ano seguinte, Mariz teve mais disciplina. Começou a fazer um cursinho para ter um direcionamento e estudava entre 4 e 5 horas por dia, revisando a teoria, fazendo exercícios, respondendo provas anteriores e simulados e produzindo uma redação por semana. Com a nova rotina, conseguiu conquistar uma nota de 825,92 pontos, que o colocou no primerio lugar geral da UFPB.



Eu esperava passar por conta da média, mas não esperava ser 1º lugar. Fiquei muito feliz a cada corte e na expectativa pro resultado final”, disse Mariz.



Após reprovar no ano anterior, bombeiro passou em 1º lugar geral da UFPB fazendo cursinho e estudando 4 horas por dia (Foto: Luana Ferreira/Divulgação)