sábado, 6 de janeiro de 2018

Governo federal e estadual elaboram plano integrado de segurança para o Rio

Os governos federal e do Rio de Janeiro acordaram a elaboração de um plano integrado de segurança para o estado nos próximos 30 dias. A intenção é reunir experiências dos diferentes órgãos de segurança para o combate da criminalidade no Rio, após um balanço feito nesta quinta-feira (4) sobre as atividades realizadas em 2017.

A definição do prazo para o plano de segurança carioca foi feita durante reunião, no Palácio do Planalto, entre o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, e os ministros da Justiça, Torquato Jardim, da Defesa, Raul Jungmann, e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, Sérgio Etchegoyen.

De acordo com o governo, o objetivo do encontro foi detalhar o cronograma de trabalho para ações de segurança no estado, tendo como base as experiências do ano passado “que servirão de base para o aperfeiçoamento do planejamento, da governança e da integração entre os órgãos federais e estaduais envolvidos”.

“Dentre os compromissos assumidos destacam-se a criação de um comitê de acompanhamento das atividades, a produção de indicadores de desempenho, a definição de um calendário de reuniões periódicas, a consolidação dos resultados de 2017 e a elaboração, no prazo de 30 dias, do plano integrado de segurança para o Rio/2018”, afirmaram, por meio de nota, os ministérios e o governo do Rio.

Fonte: JB

Um comentário:

  1. DE NOOOOOVO. QUANTOS MIL PLANOS SERÃO NECESSÁRIOS PRA RESOLVER. PALHAÇADA, SÓ TROUXA PRA ACREDITAR NESTES PULHAS.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.