domingo, 7 de janeiro de 2018

Operação para tranferir a última parcela do empréstimo pode ocorrer antes do dia 25









O Estado do Rio ainda aguarda o depósito da última parcela do empréstimo junto ao BNP Paribas, de R$ 900 milhões. De acordo com integrantes do governo, o valor pode ser depositado até o dia 25 de janeiro.

Ele viabilizaria o pagamento do salário de dezembro e uma possível pendência sobre novembro: “ Não podemos fazer previsões, mas esperamos que sim”, disse o governador Luiz Fernando Pezão.

Em reunião com servidores antes da virada do ano, Pezão informou que não há uma data prevista para que o dinheiro entre no caixa do Estado. As negociações voltarão a ocorrer a partir da próxima segunda-feira, quando as instituições bancárias retornam do recesso de final de ano.





Fonte: Extra

6 comentários:

  1. Temos que nos mobilizar para parar geral sou Sargento Bombeiro e se parar paro também , só parando PM, BM ,PCERJ E SEAP vai dar jeito pois ai vai se instalar o caos total e adeus carnaval .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...me da um motivo..para parar,,um justo,,,seu pagamento esta em dia ,,o meu também,,,parar agora é olhar para o propio umbigo e esquecer da sociedade,,,isso não é coisa de cristão ,,parar agora não dá .. a hora de para passou,,,,,,,.sgt bm interior

      Excluir
  2. Contra cheque do 13° de 2016, temos que conferir essa situação.

    ResponderExcluir
  3. E quanto a parcela do aumento, previs para janeiro de 2018

    ResponderExcluir
  4. Ninguém fala mais nada sobre o pagamento do 13 de 2017.

    ResponderExcluir
  5. Isso incluiria o décimo terceiro de 2017?

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.