quinta-feira, 5 de julho de 2018

Antecipação de salário de junho do estado ainda não é prevista

Mas, nos bastidores, depósito no 10º dia útil para todos os servidores é garantido

Governador Luiz Fernando Pezão diz que 13º será quitado em abril - MARCIO MERCANTE

Rio - Ainda não há previsão de o salário de junho do funcionalismo estadual do Rio ser antecipado. Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, é cedo para avaliar essa possibilidade. "Não dá para prever", disse ele à Coluna. Por outro lado, nos bastidores, diz-se que é garantido de o pagamento ocorrer no dia 13 de junho - que é o 10º dia útil e uma sexta-feira.

Fato é que o governo tem o objetivo de adiantar o depósito dos vencimentos dos servidores ativos, aposentados e pensionistas com salários mais baixos. O secretário estadual de Fazenda e Planejamento, Luiz Cláudio Gomes, inclusive já afirmou que a política de antecipação salarial será mantida sempre que possível, como ocorreu com o salário de abril.

Mas para o pagamento de junho sair antes do dia 13 dependerá do resultado da arrecadação perto do dia 10, próxima terça-feira.

O 10º dia útil passou a ser o prazo para depósito dos salários do pessoal do Executivo desde março de 2016 - a mudança da data foi estabelecida por decreto publicado naquele mês. Antes da crise, os vencimentos dos funcionários da ativa eram quitados no 2º dia útil. Já os aposentados recebiam no 1º dia útil do mês subsequente, e os pensionistas nos últimos cinco dias úteis do próprio mês-referência.

E, agora, uma das reivindicações do Movimento Unificado dos Servidores Estaduais (Muspe) é a retomada do calendário antigo. Mas, segundo Pezão, ainda não há como fazer isso.

Um comentário:

  1. Ninguém fala sobre a metade do 13 salário, quando será pago. Agora, descontar 14% do salário é rapidinho, não vejo a hora desse maldito deixar o cargo de Governador.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.