quinta-feira, 12 de julho de 2018

Pezão veta reajustes a servidores do TJ, Ministério Público e Defensoria

Aumento havia sido aprovado pela Alerj no fim de junho


O governador Luiz Fernando Pezão - Alexandre Brum / Agencia O Dia


Rio - O governador Luiz Fernando Pezão vetou, na manhã desta quinta-feira, os reajustes dos servidores do Judiciário do Rio, Ministério Público (MPRJ) e Defensoria Pública, aprovados pela Alerj no fim do mês passado. Os vetos serão publicados no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira.

Os textos previam reajuste de 5% às categorias - excluindo magistrados e membros dos órgãos (como promotores e defensores). Os projetos de lei foram enviados ao Legislativo em 2015 pelo Judiciário e MPRJ (a defensoria foi incluída por emenda) e estavam engavetados desde então.

Mas, a partir de fevereiro deste ano, representantes das categorias passaram a articular a votação das propostas. E a Casa acabou aprovando as revisões salariais já com início para setembro de 2018.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.