terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Paralisação de terceirizados da Cedae prejudica atendimento à população

Trabalhadores afirmam que não recebem benefícios como ticket-refeição e vale-transporte há um mês e não têm data para o recebimento do 13º salário.

Funcionários terceirizados da Cedae, que fazem consertos nas ruas, estão de braços cruzados. Usuários dos serviços da concessionária afirmam que entram em contato com a empresa pedindo consertos, que acabam não sendo realizados. Eles contam que alguns vazamentos estão abertos há 20 dias. O número de funcionários nas ruas seria baixo por causa da falta de pagamento.

Os funcionários terceirizados da empresa afirmam que não recebem benefícios como ticket-refeição e vale-transporte há um mês e não têm data para o recebimento do 13º salário.

A Cedae afirmou que os pagamentos para a empresa que presta serviços estão em dia e que a responsabilidade de pagar os funcionários em dia é dela.


FONTE: G1