terça-feira, 18 de dezembro de 2018

PM mantém aplicação do RAS compulsório no aguardo de liminar que suspenda lei

O Regime Adicional de Serviço (RAS) segue sendo aplicado de forma compulsória pelos órgãos de Segurança Pública do Estado do Rio. Apesar da promulgação da lei que veta a imposição do programação, os servidores estão sendo escalados para rondas fora de seus horários de serviço.


No caso da Polícia Militar, comunicados foram enviados aos setores administrativos das unidades informando que o RAS compulsório segue até que o Estado consiga suspender, na Justiça, a lei que o proibiu. Oficialmente, a corporação reforçou que aguarda uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ).
FONTE: EXTRA